\imprensa Viva
.

Antonio Palocci é indiciado por corrupção pela Polícia Federal. Não sai tão cedo da cadeia. PT teme delação premiada


O ex-ministro Antonio Palocci acaba de ser indiciado pelo crime de corrupção passiva no decurso da da 35ª fase da Operação Lava Jato. A Polícia Federal (PF) anexou no sistema da Justiça Federal, nesta segunda-feira (14), o oficio no qual comunica o indiciamento ao juiz Sérgio Moro e ao Ministério Público Federal (MPF).

Palocci é considerado um elemento de peso na estrutura partidária do PT e foi ministro da Casa Civil no governo Dilma Rousseff e ministro da Fazenda no governo Lula. Preso na carceragem da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-ministro tem se demonstrado apático e mal humorado.

No documento, os investigadores informam que "Antonio Palocci Filho, a partir do que foi possível apurar em esfera policial, foi o verdadeiro  gestor de pagamentos de propina realizados pela Odebrecht e materializados nas planilhas (...). Muito embora tenha deixado de exercer função pública a partir da metade de 2011, continuou, em virtude dos cargos que  exerceu e da possível de relevo dentro do Partido dos Trabalhadores, a gerir e a receber recurso de propina da Odebrecht, assim como a interferir em seu benefício", diz trecho do indiciamento.

O Ministério Público Federal deve se manifestar sobre a denúncia oferecida pela PF. Caso concorde com a denúncia, o MPF deve encaminhar o pedido ao juiz Sérgio Moro. Novamente, caso Moro acolha a denúncia integralmente, Palocci e todos os citados, incluindo seus dois assessores, se tornam réus na Lava Jato.

O indiciamento do ex-ministro deixou a cúpula do PT em estado de alerta.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget