\imprensa Viva
.

Alexandre Kalil (PHS) fecha com comunistas do PCdoB para proteger Fernando Pimentel


O candidato à Prefeitura de BH, Alexandre Kalil (PHS), fechou um acordo com o PCdoB, partido da deputada federal Jô Moraes. O apoio tem como base um compromisso proteger o governador Fernando Pimentel (PT), além de garantir alguns cargos para os comunistas desalojados pelo governo Temer.

Kalil entrou no acordo com o partido, que afirmou que a decisão de apoiar o candidato do PHS tem por objetivo combater “forças golpistas”. O grupo, que tem dois vereadores na Câmara Municipal, vai pedir voto e fazer campanha nas ruas contra o candidato do PSDB, João Leite.

Jô Moraes (PCdoB) também deve aproveitar para saldar compromissos com sua base política, como a negociação de cargos no eventual governo de  Kalil. A comunista concorreu como vice na chapa do deputado federal Reginaldo Lopes (PT), que ficou em quarto lugar com 7,27% dos votos válidos no primeiro turno do pleito.

De acordo com o presidente municipal do PCdoB, Zito Veira, o apoio foi decidido no sábado, logo após um encontro no apartamento de Kalil. A direção do partido escolheu o ex-presidente do Atlético por unanimidade. “Levamos em conta a história do partido, que é ligado ao povo e ao mais pobre e a questões como a defesa do desenvolvimento e a inclusão social. Achamos por bem tomar a decisão a favor do Kalil e contra João Leite”, explicou.

O apoio do PCdoB implica no apoio implícito do PT, que deve usar toda sua estrutura para eleger o candidato Alexandre Kalil do PHS, com base no acordo para proteger no que for possível o pupilo de Dilma, Fernando Pimentel, investigado em várias frentes na Justiça.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget