\imprensa Viva
.

Se a moda do Lula pega, bandido também vai alegar manobra para tirá-lo do cenário eleitoral de 2018


Os advogados do ex-presidente Lula afirmaram na noite desta quarta-feira (14) que o ex-presidente repudia a denúncia do Ministério Público Federal, e que tudo o que está acontecendo é na verdade uma manobra para impedi-lo do concorrer à presidência da República em 2018.

Apesar das fortes evidências que apontam o ex-presidente como o chefe da organização criminosa que assaltou a Petrobras, o que lhe garantiu uma séride de benefícios, que somados, superam os R$ 3 milhões. O advogado de Lula criticou o que chamou de "postura" política dos integrantes da força tarefa da Lava Jato e da Polícia Federal. "O que serviu de base para a denúncia do Ministério Público Federal é um relatório feito por um policial que tem um histórico de agressões ao ex-presidente nas redes sociais". Para Zanin, a operação Lava Jato "sempre teve o objetivo de tirar o ex-presidente do cenário eleitoral de 2018".

Só falta agora esta moda pegar. Daqui alguns dias, os brandidos vão alegar que são perseguidos pela justiça, que são presos políticos e que estão sendo alvo de manobras para impedir que se tornem líderes de comunidades.

O ex-presidente Lula foi denunciado pelo Ministério Público Federal pelos crimes de corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro e está praticamente fora da eleição de 2018. Caso seja condenado em algum destes crimes, mesmo que responda em liberdade, o petista não poderá concorrer a nenhum cargo por oito anos, em virtude da Lei da Ficha Limpa.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget