\imprensa Viva
.

Remoção do PT do poder expõe Lula e petistas a novos inquéritos. Todos estão vulneráveis


A queda de Dilma Rousseff do poder pode trazer sérias dores de cabeça para o ex-presidente Lula e para muitos integrantes do PT nos próximos meses. Embora a justiça no Brasil atue de forma autônoma, não é nenhum segredo que os detentores do poder possuem em suas mãos vários recursos capazes de refrear o ímpeto de juízes e delegados.

Enquanto ainda governava, Dilma mantinha as portas abertas para Lula e demais membros de seu partido, que tinha cesso à informações sigilosas do ministério da Justiça e em muitos casos, podiam se antecipar sobre casos em andamento. Havia aina a possibilidade de negociar cargos com integrantes da justiça, favorecendo seus parentes e indicados, em troca de simpatia.

Tudo isso acabou. Lula e os ex-integrantes do governo estão no escuro. O governo Temer agora tem acesso a todos os negócios realizados pelos ministros e auxiliares de Dilma e pode determinar um pente fino a qualquer momento em pastas e secretarias petistas.

Mas as ameaças que pairam sobre Lula não se limitam ao fogo palaciano. A entrada do ex-diretor da Petrobras, Renato Duque, no rol de delatores da Lava Jato consolida uma série de acusações que ainda estavam em stand-by em Curitiba. As declarações de Duque foram tão graves que os procuradores mandaram chama o ex-senador Delcídio do Amaral para confirmar alguns fatos. E ele confirmou. Inclusive que Lula usava a sede do Instituto Lula para se reunir com diretores responsáveis pelos desvios na estatal e combinar a divisão da propina.

Uma das preocupações expressas pelo ex-presidente a Renato Duque teria sido sobre a possibilidade dos investigadores descobrirem uma tal conta do ex-diretor na Suíça. Na ocasião, o ex-diretor tranquilizou Lula e disse que a conta jamais seria descoberta. A lava Jato descobriu não apenas a referida conta, mas também uma outra com cerca de R$ 40 milhões que foi "abandonada" por Duque por ocasião de sua prisão.

O destino de Lula é mesmo a prisão. Não uma prisão com base em indícios que possa ser contestada na justiça, mas uma prisão guarnecida de provas robustas e irrefutáveis. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget