\imprensa Viva
.

Organização criminosa do PT nos fundos de pensão lesou 1.5 milhões de pessoas inocentes


A Operação Greenfield, deflagrada nesta segunda-feria, 05, pela Polícia Federal, foi fruto da colaboração da Comissão de Valores Imobiliários, CVM e órgãos de controle, com o Ministério Público Federal e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar.  que apuram a atuação de uma gigantesca organização criminosa comandada pelo PT nos fundos de pensão do Banco do Brasil, Caixa, Correiros e Petrobras.

Durante os últimos 13 anos, os fundos das estatais foram usados como braços governamentais do PT, mas essa não é a função dos fundos. Eles são dos trabalhadores das empresas, com objetivo de complementar as suas aposentadorias, e precisam tomar decisões técnicas e profissionais. O governo do PT colocou quadros do partido para gerir os fundos. Colocou indicados políticos. Além de má gestão e erros, tudo indica que houve má-fé explícita

Responsáveis pela gestão de cerca de R$ 300 bilhões em recursos, os cabeças da organização causaram prejuízos em mais de 400 mil servidores que estão em atividade e que terão um retorno 30% menor que o que deveriam receber ao se aposentarem. considerando seus dependentes diretos, o número de pessoas prejudicadas pela ação criminosa pode ser superior a 1.5 milhão de pessoas.

O rombo causado pelos fraudadores na gestão dos recursos dos servidores era estimado em 46 bilhões de reais em março, mas segundo estimativas da própria CVM, este valor deve ultrapassar a cifra dos 50 bilhões de reais.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget