\imprensa Viva
.

O PT esconde Lula. O grande líder chegou ao fundo do poço e não serve mais nem como cabo eleitoral


O ex-presidente Lula chegou definitivamente ao fundo do poço de sua gloriosa carreira política. Até bem pouco tempo, em época de eleições, milhares de candidatos em todo o país imploravam para tirar uma foto ao lado do político que tinha 81% de aprovação popular. Tanta popularidade mexeu com o ego, e como o juízo de Lula. Acreditando que sua popularidade resultaria em sua impunidade, o petista meteu a mão bem fundo na cumbuca. Deu no que deu.

Após ter se tornado réu duas vezes na Lava Jato e ter pela frente ainda outros três ou quatro inquéritos nos quais também deverá se denunciado criminalmente, os candidatos a prefeito de todo o país querem é distância do petista. Em todos os palanques que subiu até agora, seus candidatos caíram nas pesquisas de intenção de voto. O fenômeno virou piada nas bocas maldosas. Nos bastidores de campanha em todo o país, corre o seguinte boato: "Lula sobe (no palanque), o candidato cai"

O problema não é apenas Lula, mas também o PT. Nas 100 maiores cidades do país com mais de 200 mil habitantes, incluindo as capitais, o partido deve eleger apenas um prefeito. Para evitar um estrago maior na candidatura à reeleição de Fernando Haddad (PT) na cidade de São Paulo, a direção da campanha resolveu excluir qualquer participação de Lula na reta final. Haddad amarga o quarto lugar, segundo institutos de pesquisa.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget