\imprensa Viva
.

O cúmulo da vergonha para Lula. Candidatos do PT em sua cidade natal, Garanhuns, evitam se associar à ele


Um dos sinais mais emblemáticos de que a figura do ex-presidente Lula atingiu o mais baixo nível de repúdio popular vem justamente de sua cidade natal, Garanhuns, na Mesorregião do Agreste Pernambucano.

Na campanha eleitoral deste ano, Lula é tratado como uma doença contagiosa e nenhum dos candidato querem associar sua imagem à do ex-presidente em suas campanhas. Nem mesmo o candidato à prefeitura pela coligação com o PT e atual prefeito, Izaías Régis (PTB), se arrisca a colocar a imagem ou o nome de Lula em sua campanha, apesar do próprio Lula ter se oferecido para "ajudar" em sua reeleição.

“Que existe um pouco de precaução, tem que existir. Todo dia a mídia só é pau (contra Lula). Aí você vai fazer o quê? Vai defender uma coisa que a mídia está dizendo que não. É um negócio absurdo”, disse Régis. “Nas redes sociais é: ‘Lula se torna réu’. Então está divulgando em todo canto. Fica difícil se atrelar à imagem.”

Na eleição de 2012, Régis teve que entrar com uma ação na justiça para impedir que seu adversário de outro partido também usasse a imagem de Lula em sua campanha.

As idas de Lula ao Nordeste tem sido precedidas por uma organização prévia de movimentos sociais ligados ao partido, que são incumbidos da tarefa de inflar os eventos e locais em que o petista tem agenda. Na Bahia, o Incra local bancou o aluguel de 20 ônibus no valor de R$ 241 mil,  para buscar membros do MST para invadirem o próprio Incra, durante uma passagem de Lula por Salvador. As fotos do petista entre os cerca de 1500 Sem Terra ficou ótima. Mas era tudo armação. Na realidade, nenhum político quer estar ao lado de Lula nesta fase final de sua vida.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget