\imprensa Viva
.

Não é a República de Curitiba. A lei que pesa contra Lula é nacional. Vale para qualquer cidadão em todo o Brasil



Uma das campanhas de desinformação mais sujas movidas pelo PT desde o início da Operação Lava Jato é aquela que tenta distinguir a Justiça Federal do Paraná dos demais órgãos do Poder Judiciário Brasileiro.

O objetivo da campanha visa insinuar que o juiz federal Sérgio Moro e os 'meninos' da força-tarefa da Operação Lava Jato criam leis específicas para punir o PT e o ex-presidente Lula.

A campanha que visa desqualificar o trabalho do juiz Moro e de seus colaboradores surgiu de uma conversa interceptada pela PF entre o ex-presidente Lula com a ex-presidente Dilma Rousseff. No diálogo, Lula dizia estar assustado com a "República de Curitiba", em referência a Moro e aos investigadores da Lava Jato em primeira instância.

Desde então, os mestres em campanhas de desinformação do PT passaram a usar a expressão  de forma pejorativa, com o claro objetivo de desacreditar as revelações obtidas pelos investigadores da Força-tarefa e as conclusões dos membros do ministério público, que eram posteriormente comutadas em sentenças proferidas pelo juiz Moro.

A expressão "República de Curitiba" é uma ferramenta de propaganda do PT que visa insinuar que as decisões de Moro são pautadas por critérios isolados e desconectados do sistema judicial brasileiro.

Ao contrário de outros países, como os Estados Unidos, as leis brasileiras valem em todo o território nacional, para todos os cidadãos, e são regidas pela constituição e o código penal brasileiros, resguardadas pelos órgãos do Poder Judiciário Brasileiro. O Poder Judiciário Brasileiro é uno, mas é organizado no âmbito da União Federal e de cada Estado

Contrariando as insinuações de Lula e do PT, a tipificação do crimes e as penas relativas constam do Código Penal, assim como os conceitos e as compreensões gerais sobre a Aplicação da Lei Penal, Do Crime, Da Imputabilidade Penal, Do Concurso de Pessoas, Das Penas, Das Medidas de Segurança, Da Ação Penal, Da Extinção de Punibilidade.

Não existe, portanto, a tal República de Curitiba, como pretende sugerir a campanha movida pelo PT de Lula e Dilma que tenta desqualificar o trabalho realizado pelos membros do Ministério Público Federal do Paraná, a Polícia Federal e a 13ª Vara Federal - Justiça Federal do Paraná.

Conforme art. 92 da Constituição Federal, são órgãos do Poder Judiciário o Supremo Tribunal Federal, o Conselho Nacional de Justiça, o Superior Tribunal de Justiça; os Tribunais Regionais Federais e Juízes Federais ( Sérgio Moro é um juiz federal da 13ª Vara Federal - Justiça Federal do Paraná), os Tribunais e Juízes do Trabalho, os Tribunais e Juízes Eleitorais, os Tribunais e Juízes Militares; os Tribunais e Juízes dos Estados e do Distrito Federal e Territórios.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget