\imprensa Viva
.

Moro descobriu que Palocci rifou a Petrobras com aval de Lula para compensar Odebrecht


A lava Jato descobriu que o ex-ministro Antonio Palocci e o ex-presidente Lula participaram de uma operação que causaria bilhões em prejuízos aso cofres públicos apenas para favorecer a empreiteira Odebrecht. Os dois acenaram para a empreiteira a possibilidade de aprovar uma Medida Provisória que geraria um crédito bilionário em incentivos fiscais que beneficiaria a diretamente a Odebrecht.

O problema é que ficou constatado que o tal projeto da medida provisória 460/2009 causaria um rombo bilionário nos cofres públicos, pois acabaria beneficiando outras empresas, e as tratativas para o acordo acabaram sendo abortadas.

Mas ao que tudo indica, a Odebrecht já teria dado uma contrapartida para que o projeto fosse aprovado, o que gerou uma situação na qual o governo Lula teria ficado no "vermelho" com a empreiteira,

Segundo o juiz federal Sergio Moro, uma das mensagens obtidas pela força-tarefa da Lava Jato, consta que Palocci prometeu "compensar" a  Odebrecht após o ex-presidente Lula ter vetado a aprovação do crédito previsto no acordo sobre a medida provisória de interesse da construtora.

De acordo com a mensagem, a "compensação" à empreiteira poderia ocorrer por meio de contratos com a Petrobras. Com o avala de Lula, Palocci teria dito a Marcelo Odebrecht  que o revés imposto teria ocorrido por influência do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, que alertou para a enormidade dos prejuízos aos cofres públicos que a aprovação da medida causaria.

A Lava Jato possui uma série de e-mails e trocas de mensagens entre Marcelo Odebrecht e Antonio Palocci que comprovam as tratativas envolvendo vantagens mútuas para ele, O PT e a empreiteira. O ex-ministro era o  "gestor" de uma conta corrente de propinas que a Odebrecht mantinha em favor do PT, que movimentou pelo menos R$ 128 milhões.

Segundo o Ministério Público, Palocci era informado com regularidade por Marcelo Odebrecht de demandas da empresa, inclusive por mensagens criptografadas, e teve quase 30 encontros pessoais com executivos da empreiteira.

A Lava Jato possui farta documentação que descreve como funcionava o esquema e de que forma Lula e Palocci compensariam a Odebrecht pelo 'problema' com a aprovação da MP. Em um dos trechos da mensagem, Marcelo Odebrecht lista as opções que teriam sido negociadas com Palocci para compensar a empreiteira. Uma delas seriam contratos com a Petrobras.

"O ideal seríamos colocar valores de qt somos compensados em cada uma das opções abrindo assim um menu/mix de escolha tributárias e ou com a Petrobrás", escreveu Odebrecht.

Por fim, o executivo diz: "Vamos sair melhor do que se tivéssemos ganho".
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget