\imprensa Viva
.

Lula teria comprado sítio em Atibaia com dinheiro roubado da Petrobras usando o próprio filho



A denúncia oferecida contra o ex-presidente Lula no último dia 14 pelo Ministério Público Federal, MPF, não está relacionada aos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção e ocultação de patrimônio relativos a aquisição do sítio em Atibaia.

Uma investigação paralela da Receita Federal que resultou na suspensão da isenção tributária do Instituto Lula pode apontar de onde teria saído o dinheiro para aquisição do sítio usado por Lula e sua família ao longo dos últimos cinco anos.

O dinheiro para aquisição do imóvel por ter tido origem no mega esquema de corrupção na Petrobras, que envolvia um volume de repasses dissimulados ao ex-presidente a título de palestras falsas e doações ao instituto que leva seu nome.

A Receita Federal descobriu que o Instituto Lula repassou R$ 1,3 milhão para a empresa G4 Entretenimento, que tem como sócios o filho de Lula, Fábio Luís Lula da Silva, o “Lulinha”, e Fernando Bittar, o dono formal do sítio de Atibaia. Este repasse pode ter sido feito pelo instituto empresa G4, da qual Bittar é sócio, para que este pudesse comprar parte do sítio para o ex-presidente.

Além da origem duvidosa do dinheiro que teria servido para adquirir o imóvel e da operação que teria servido para ocultar seu verdadeiro dono, o sítio passou ainda por reformas no valor de quase R$ 2 milhões, bancadas pelas empreiteiras OAS e Odebrecht, as mesmas que fizeram as doações ao instituto Lula e contrataram as supostas palestas do petista.

O delator Léo Pinheiro já confirmou que a empreiteira OAS era beneficiada por contratos superfaturados na Petrobras e que Lula recebia sua parte da propina através de benefícios indiretos.

Hoje, nem o ex-presidente nem sua família podem mais usufruir do sítio envolvido em tantos esquemas de corrupção. A família Lula já não é mais bem vinda pelos moradores da região. Foram banidos do sítio e Lula pode ser banido da sociedade, caso seja condenado pelos crimes relacionados à mais este vergonhoso episódio. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget