\imprensa Viva
.

Lula sente o baque da delação de Renato Duque e agenda check-up no Sírio-Libanês


O ex-presidente Lula ficou bastante abalado com as revelações do ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, aos procuradores da Força Tarefa da Lava Jato. Familiares e pessoas próximas ficaram preocupados com o nervosismo de Lula após tomar conhecimento do teor parcial da delação que está sendo negociada com o Ministério Público Federal (MPF) em Curitiba.

Segundo adiantou o jornal Valor Econômico, Duque declarou ter se reunido com o ex-presidente Lula e Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, para tratar de detalhes relativos à divisão de propina em contratos da estatal

O ex-diretor de Serviços da Petrobras confirma que indicado pelo PT ao cargo da companhia e que as  reuniões que mencionou ocorreram na sede do instituto, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Ele está em negociações avançadas de um acordo de delação premiada com o MPF  e disse ter como provar o que relata.

De acordo com a reportagem, o ex-executivo “já prestou informações escritas aos investigadores por meio de anexos elaborados por seus advogados”. Duque fez um relato sobre o que chamou de verticalização das ordens de comando na Petrobras. Segundo ele, as decisões tomadas pela estatal que – deveriam obedecer a critérios técnicos – eram ordenadas com viés político.”
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget