\imprensa Viva
.

Idiotas úteis. Lula e PT encorajam vandalismo para intimidar autoridades e escapar de crimes


Muitos manifestantes ainda não se deram conta de que estão sendo usados por Lula e seus aliados de forma inescrupulosa. Os recentes atos de vandalismo estimulados pelo PT, CUT e MST contribuíram para aumentar ainda mais a antipatia da população pelo partido.

Com a expulsão de Dilma do governo e o surgimento de denúncias cada vez mais graves contra Lula na Lava Jato, os membros do PT sabem que o partido não terá vida longa. Os candidatos à prefeito pela legenda sabem de tudo isso e estão escondendo a sigla, as cores e até mesmo a estrela do partido de suas campanhas eleitorais.

A imagem do partido está como nunca associada a corrupção e a criminalidade. Mas pesar dos graves danos sofridos em sua reputação, o PT insiste em se expor de forma negativa perante a sociedade encorajando atos de vandalismo por parte de seus militantes e grupos sociais que controla. Para qualquer pessoa sensata, tais iniciativas não parecem nada inteligentes.

Qual seria a razão de correr o risco de aumentar a o repúdio popular em relação ao partido, adotando práticas condenadas pela sociedade? Por qual motivo o partido contrataria delinquentes nas periferias para praticar atos de violência e vandalismo contra o patrimônio privado e público. Em que isso ajuda na imagem do partido?

Idiotas úteis do PT na Bienal de São Paulo
em protesto contra o presidente Michel Temer
Em nada. O objetivo da cúpula do partido, que já se deu por vencida na batalha ideológica após a comprovação de que o PT é na verdade uma organização criminosa, é apenas intimidar as autoridades. O partido investe alto nos líderes do movimentos sociais e estudantis no sentido de conseguir mobilizar o maior número possível de manifestantes nesta reta final das investigações contra o ex-presidente Lula e seus comparsas.

Ele acreditam que, através de arruaças e atos violentos praticados por seus simpatizantes, irão conseguir intimidar as autoridades, sobretudo o juiz federal Sérgio Moro, desestimulando-o de adotar medidas judiciais mais duras contra Lula, como um mandado de prisão preventiva.

Não foi uma coincidência o fato do ex-presidente ter se recusado a explicar ao juiz Moro, justamente um dia após os protestos na capital paulista, sobre as 23 caixas de jóias valosíssimas encontradas em um cofre secreto do Banco do Brasil em São Paulo, que estava em nome de sua esposa, Marisa Letícia.

A defesa do ex-presidente simplesmente alegou nesta segunda-feira, 05, que "não reconhece a competência do Juízo da 13ª Vara Criminal de Curitiba" na investigação sobre as 23 caixas. Na prática, Lula desafiou Sérgio Moro e a Lava Jato fiando-se na força demonstrada nas ruas um dia antes.

Milhares de idiotas úteis se prestaram ao papel de dar cobertura a criminosos responsáveis por desvios superiores a R$ 100 bilhões de reais dos cofres públicos. Nesta mesma segunda-feira, 05, a Polícia Federal deflagrou a Operação Greenfiel e determinou o bloquei de R$ 8 bilhões, além de um jatinho, 139 veículos de luxo e 90 imóveis. Tudo obtido com dinheiro roubado dos fundos de pensão da Caixa, Correiros, Banco do Brasil e Petrobras. Este dinheiro não foi roubado dos cofres públicos, mas sim dos aposentados que investiram ao longo de suas vidas parte do esforço de seu trabalho. ao final, todos descobriram que foram lesados e se aposentam agora com uma renda 30% inferior àquela que teriam direito, não fossem os ladrões do PT.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget