\imprensa Viva
.

Humilhado, Lula reconhece que mais atrapalha que ajuda e concorda com corte de sua fala no programa de TV de Haddad


O ex-presidente Lula se viu forçado a admitir que não está mais em condições de ajudar os candidatos do PT nas eleições municipais. Praticamente todos os candidatos que contaram com a "ajuda" de Lula nos comícios ou em seus programas de TV sentiram o baque em suas campanhas. Desde que se tornou réu na Lava Jato, o ex-presidente está aproveitando os palanques para fazer sua autodefesa e atacar os "meninos" do Ministério Público Federal, MPF, que o denunciaram.

O constrangimento dos candidatos é visível e muitos concordam que este tipo de ajuda só atrapalha.  A situação se repetiu esta semana, quando o próprio Lula concordou com o corte de uma participação que havia gravado para o programa de TV de Fernando Haddad (PT). A informação foi confirmada pelo secretário de Relações Institucionais da Prefeitura, José Américo Dias, que disse ontem que o próprio Lula sugeriu que sua presença fosse revista.

Segundo o assessor de Haddad, Lula tentou argumentar sobre o corte e acabou concordando.
O secretário municipal afirmou que a peça não foi submetida à pesquisa qualitativa porque a campanha não tem dinheiro para contratar equipes responsáveis para sua realização.

"O problema foi de embocadura. O texto estava desfocado. Infelizmente, não temos dinheiro para fazer qualitativa", disse Zé Américo, tentando justificar o corte da participação de Lula sugerido pela produção do programa.

Apesar do corte, Lula ainda tem esperança de que poderá gravar uma nova participação nesta quinta-feira (29) para que sua fala seja levada ao ar na sexta-feira.

Sua participação será, porém, objeto de nova avaliação da equipe de Haddad antes da veiculação, segundo informou a Folha.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget