linkaki

Filho da senadora Gleisi Hoffmann ganhou vídeo game comprado com dinheiro roubado de aposentados


A situação da senadora Gleisi Hoffmann fica cada vez mais complicada. A revista ISTOÉ acaba de divulgar que o esquema de corrupção montado por seu marido Paulo Bernardo no Ministério do Planejamento comprou até um Nintendo para o filho do casal.

Leia a matéria completa da ISTOÉ AQUI


O ex-sócio do escritório  de advocacia Guilherme Gonçalves & Sacha Reck prestou depoimento ao Ministério Público Federal sobre o esquema de desvios de verba de aposentados comandado pelo ex-ministro Paulo Bernardo. Sacha Reck é ex-sócio de Guilherme de Salles Gonçalves, que participou da campanha da senadora Gleisi Hoffmann ao Senado, em 2010, e à prefeitura de Curitiba, em 2008.

 O Advogado disse em seu depoimento  que o dinheiro usado para comprar um vídeo game Nintendo para o filho do petista veio do chamado Fundo Consist, no esquema de desvios de recursos de aposentado e pensionistas endividados que contraíram empréstimos consignados.



A documentação relativa à compra do vídeo game está em posse do Ministério Público Federal e faz parte da Operação Custo Brasil, braço da Lava Jato que revelou desvios em contratos de crédito consignado do Ministério do Planejamento, geridos pela empresa Consist.

Informe seu Email para receber notícias :