\imprensa Viva
.

Fernando Haddad, assim como Dilma, também foi eleito com dinheiro roubado da Petrobras


O atual prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, segui o exemplo de Dilma e recorreu ao uso de dinheiro roubado da Petrobras para financiar sua última campanha eleitoral. Segundo a Folha, o dono de uma gráfica investigada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o ex-deputado estadual petista Francisco Carlos de Souza recebeu R$ 2,6 milhões em propina da Petrobras para pagar dívidas da campanha de 2012 do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT).

As informações foram confirmada por três delatores da Lava Jato. O ex-deputado do PT é conhecido como "Chicão" ou "Chico Gordo". O petista é o dono da gráfica Souza & Souza, alvo de ação na Justiça Eleitoral que investiga a campanha presidencial da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer em 2014.

A suspeita do TSE é de que a gráfica de "Chico Gordo" seja apenas uma empresa de fachada à serviço do PT.

Na Lava Jato, o doleiro Alberto Youssef, o acionista da construtora UTC Ricardo Pessoa e o ex-diretor financeiro da empreiteira Walmir Pinheiro apontaram um homem apelidado de "Chicão" como destinatário de transações para quitar despesas de campanha de Haddad.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget