\imprensa Viva
.

Dono da Friboi deu mansão de R$ 15 milhões de presente por mamata de R$ 1 bilhão do FGTS


A situação de um dos donos do frigorífico Friboi, Joesley Batista, fica cada vez mais complicada, na medida em que novos detalhes revelados pelo delator e ex-vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Fábio Cleto, são revelados. Além de seu envolvimento nas fraudes dos fundos de pensão, o executivo queridinho dos governos petistas é investigado em outras frentes na justiça.

A casa de Joesley Mendonça Batista, no bairro Jardim Europa, em São Paulo, foi alvo recente de uma Operação da Polícia Federal autorizada Supremo Tribunal Federal (STF) e coordenada pela Procuradoria Geral da República (PGR). Uma das empresas de Joesley, a Eldorado Brasil Celulose, foi apontada pelo delator Fábio Cleto como uma das pagadoras de propina. Ele disse que recebeu R$ 680 mil para montar operação de R$ 940 milhões. A PF também cumpriu mandados de busca e apreensão no endereço da empresa na marginal Tietê, em São Paulo, no mesmo prédio onde funciona a JOB/Friboi.

O ex-vice-presidente da Caixa Econômica Federal Fábio Cleto afirmou em delação premiada firmada com Ministério Público Federal que Joesley Batista deu uma mansão de presente ao doleiro Lúcio Funaro como pagamento de propina por obter benefícios no Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS). Segundo Cleto, a informação foi dada para ele por Alexandre Margotto, sócio de Funaro. A mansão no Jardim Europa, em São Paulo. é avaliada em R$ 15 milhões.

Funaro foi preso na no dia 1º de julho na Operação Sépsis, sob suspeita de comandar com o parlamentar ousado esquema de arrecadação de propinas de grandes empresas que, para executar projetos milionários, recorriam ao Fundo de Investimentos do FGTS (FI/FGTS), então sob comando do vice-presidente da Caixa, Fábio Cleto.

Em sua delação, Fábio Cleto revelou detalhes sobre uma viagem pelo Caribe ao lado de Joesley Batista e Lúcio Funaro, em 2011.

Cleto estava em Atenas, na Grécia, quando encontrou Joesley e Funaro.

"De lá decidiram, de última hora, realizar uma viagem a Saint Barth, uma ilha paradisíaca no Caribe. Como o avião em que estavam era grande demais, optaram por aterrissar numa ilha próxima e seguir para Saint Barth por meio de uma lancha. De acordo com Cleto, Joesley mandou buscar, num jato executivo operado pela JBS, as mulheres dos três no Brasil, para que se juntassem ao tour no Caribe."

O empresário Joesley Batista já havia sido indiciado pro um esquema de lavagem de dinheiro no Banco Rural, o mesmo que circulava a propina que financiava o esquema do mensalão do PT, que resultou na prisão de José Dirceu.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget