\imprensa Viva
.

Dilma e o PT provaram que são bandidos ao tentar burlar a constituição e lesar o povo brasileiro


A presença do ex-presidente Lula em Brasília na véspera e no dia da votação do impeachment no Senado não tinha o propósito de obter o apoio de senadores para votarem contra a cassação do mandato de Dilma. Lula e todas as calçadas da capital federal sabiam que nenhum parlamentar estaria disposto a jogar sua carreira no lixo e tinham consciência dos riscos para a economia e do agravamento da crise política no país.

É perfeitamente possível supor que Lula, Dilma e os demais membros do PT atuaram para fechar um acordo indecente com o Presidente do Senado, Renan Calheiros e com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandoski. Os senadores do PT, da base aliada de Dilma e os demais parlamentares controlados por Renan se comprometeram a votar favoravelmente ao aumento do teto dos salários dos ministros do STF em troca da aberração aceita por Lewandoski de fatiar a votação do impeachment e da perda dos direitos políticos de Dilma.

Dilma, Lula e o PT comprovaram mais uma vez que não se importam com o povo e estão sempre dispostos a burlar as leis e até mesmo a constituição para resguardar seus interesses espúrios. Um eventual aumento dos salários dos ministros do STF terá um custo de dezenas de milhões para o contribuinte apenas para satisfazer os interesses criminosos de Dilma e Lula. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget