\imprensa Viva
.

Dilma começa a enfrentar problemas com a justiça e deve perder direitos políticos fraudados


Os dias seguintes começam a bater na porta da ex-presidente Dilma Rousseff. Após a cassação do mandato de seu mandato, que resultou na perda de foro privilegiado, a petista já passou a ser investigada em um inquérito civil público que investiga as “pedaladas” fiscais com o objetivo de comprovar que seus atos caracterizaram a prática de crime de improbidade administrativa, O inquérito já está em curso no Ministério Público Federal (MPF) no Distrito Federal.

No inquérito conduzido pelo procurador da República Ivan Marx, Dilma pode ser enquadrada por sua manobra fiscal e sofrer as consequência da pena prevista no inciso III do artigo 12 da Lei de Improbidade Administrativa.

As penas previstas na lei incluem o ressarcimento integral do dano, se houver; perda da função pública; suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa de até 100 vezes o valor da remuneração recebida; e proibição de contratar com o poder público. Esta pena está associada a atos de improbidade que atentam contra a administração pública.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget