\imprensa Viva
.

Até os advogados de Lula são incompetentes. TRF aponta inépcia da defesa do petista


Esta não é a primeira vez que os advogados de defesa do ex-presidente Lula são ridicularizados publicamente por erros primários em ações na Justiça. Desta vez foi a falha foi apontada pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Os desembargadores negaram por unanimidade nesta quarta-feira, 31, um recurso impetrado pela defesa do petista. Os advogados de Lula pediam esclarecimento sobre o eventual relacionamento entre o juiz federal Sérgio Moro e o desembargador João Pedro Gebran Neto, responsável por julgar os processos da Operação Lava Jato em segunda instância.

Por pura inépcia da defesa do ex-presidente, o mérito do pedido sequer chegou a ser discutido. Os desembargadores do TRF perceberam que os advogados de defesa do ex-presidente usaram um recurso inadequado para fazer o pedido, o agravo de instrumento. Eles entenderam que o instrumento adequado é uma exceção de suspeição criminal — um instrumento processual que permite à parte pedir a suspeição do juiz.

"Havendo qualquer dúvida quanto à parcialidade do relator, deve a parte interessada externá-la pelo meio apropriado, juntando elementos que sustentem a sua alegação, sob pena de se tratarem de vazias alegações", escreveu Gebran em seu voto.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget