\imprensa Viva
.

Assalto do PT no governo é tão grande que Lava jato pode durar mais 2 anos, diz procurador


O Procurador Regional da República na Ministério Público, Carlos Fernando dos Santos Lima, membro da Força-tarefa da Operação Lava Jato baseada em Curitiba fez uma estimativa de que a investigação conduzida pelo juiz Sérgio Moro pode durar mais dois anos.

Segundo Lima, pelo menos 54 políticos foram identificados durante as investigações de fraudes na Petrobras como beneficiários de propina, mas, até agora, apenas dois — Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Nelson Meurer (PP-PR) — viraram réus no Supremo. Existem suspeitas sobre a participação no esquema de desvios na estata contra praticamente todos os senadores do PT, incluindo a a senadora Gleisi Hoffmann e o senador Lindbergh Farias. 

— Uma etapa é investigar, outra é transformar em denúncia e apresentar à Justiça. E a quantidade de denúncias que temos a fazer é grande — disse Lima.

Além da Petrobras, A força-tarefa trabalha com a perspectiva de identificar corrupção, nos mesmos moldes da implantada pelo PT na estatal, em outros órgãos e ministérios do governo, alguns já identificados, como o BNDES, Ministério do Planejamento e o gigantesco esquema fraudulento operado por pessoas ligadas ao PT nos fundos de pensão da Caixa, Banco do Brasil, Petrobras, e Correios. O rombo causado por pessoas ligadas ao partido pode ser superior aos R$ 50 bilhões estimados inicialmente.

Segundo o procurador, a Lava-Jato já conta com informações e documentos suficientes para produzir novas denúncias à Justiça por, pelo menos, mais dois anos.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget